Pular para o conteúdo
Início » Oportunidades de trabalho flexíveis: quais são as vantagens

Oportunidades de trabalho flexíveis: quais são as vantagens

  • por
Oportunidades de trabalho flexíveis
Anúncios

Uma grande oportunidade para uma pessoa se sentir realizada com o próprio trabalho hoje em dia é flexibilidade. O certo é que os profissionais trabalhem para viver e não vivam para trabalhar, e é exatamente isso que muitos têm procurado.

Desde que a geração Millennium começou a ocupar o mercado de trabalho, muitas coisas começaram a mudar e as empresas perceberam que precisam flexibilizar a rotina.

As organizações estão repensando a rotina de trabalho, deixando para trás modelos rígidos para adotar modalidades flexíveis. O foco é a qualidade de vida e o aumento da produtividade.

Anúncios

De acordo com uma pesquisa feita pelo International Workplace Group (IWG), 85% dos participantes afirmam que existe uma relação entre produtividade e flexibilização do trabalho.

Na opinião dos entrevistados, o profissional é mais produtivo quando tem mais autonomia para escolher como será sua rotina de trabalho. Isso mostra que flexibilizar é o melhor caminho para melhorar os resultados da própria empresa.

Diante dessa realidade, é interessante saber mais sobre flexibilidade no trabalho, saber quais são suas vantagens, quais empregos podem ser flexíveis e de que maneira as empresas podem adotar esse estilo.

O que é flexibilidade no trabalho?

Flexibilidade no trabalho é um modelo diferente do tradicional, conhecido ao longo do tempo por ser rígido, com pouca ou nenhuma oportunidade de negociar a rotina e as responsabilidades dos profissionais.

O trabalho flexível permite que o indivíduo tenha liberdade para fazer seus horários e controlar como será seu dia a dia. Também é um conceito que se aplica à cultura do negócio e ao ambiente de trabalho.

Pode ser adotado por qualquer tipo de organização, como em uma que faz confecção de uniforme de cozinha industrial

Está relacionado a quando, como e onde as tarefas são realizadas para conciliar as necessidades individuais e organizacionais.

A partir do momento em que a organização tem uma rotina mais maleável, o colaborador se sente mais satisfeito e produz melhor. Naturalmente, também vai agregar aos resultados da empresa.

Vantagens do trabalho flexível

Com base no conceito de flexibilidade no trabalho, já dá para ter uma ideia de todas as vantagens que oferece. São elas:

  • Ajuda a reter talentos;
  • Melhora a reputação da empresa;
  • Reduz custos;
  • Funcionários mais satisfeitos;
  • Mais produtividade.

A partir do momento em que os colaboradores têm mais flexibilidade no dia a dia, a companhia consegue reter talentos. Isso acontece porque cada vez mais pessoas priorizam organizações modernas e flexíveis.

Adotar políticas flexíveis demonstra que a corporação se preocupa com o bem-estar dos profissionais que trabalham para ela, e isso ajuda a alcançar mais equilíbrio entre a rotina pessoal e a rotina profissional.

Para uma marca de acessórios para gatos filhotes, é uma forma de melhorar sua própria reputação. Além do mais, permitir que o funcionário trabalhe em casa reduz custos de várias formas, como:

  • Material de escritório;
  • Eletricidade;
  • Água;
  • Telefone;
  • Locomoção;
  • Alimentação.

Se os colaboradores têm liberdade de fazer os horários que preferem, podem conciliar o trabalho como a vida pessoal sem tantos transtornos. Isso aumenta a satisfação com a empresa porque o indivíduo tem tempo para se dedicar aos seus próprios interesses.

Por fim, o aumento da produtividade é outra vantagem porque quando os funcionários se sentem mais satisfeitos, começam a se dedicar mais às suas atividades.

São pessoas felizes porque fazem o próprio horário e não se desgastam em situações do dia a dia, como trânsito, gastos com alimentação, entre outros.

Empregos em que se pode ser flexível

Horários rígidos e ter que sair de casa todos os dias são situações que algumas pessoas não conseguem lidar. Na verdade, cada vez menos profissionais toleram isso.

As empresas já perceberam e já começaram a flexibilizar o horário e o local de trabalho, mas existem algumas profissões que são mais adequadas para isso. São elas:

Jornalismo

Na carreira de jornalista, o profissional pode exercer diferentes atividades, como edição e redação e muitos atuam como freelancer. Com isso, conseguem definir seu horário de trabalho e fazer tudo no próprio ritmo.

Os cargos de redação e edição em tempo integral podem ser feitos em casa e costumam oferecer excelentes salários e benefícios.

Consultor

Um arquiteto que domine projetos de cozinha sob medida em l pode oferecer consultorias para ajudar pessoas em reformas e construções. Basicamente, qualquer pessoa que domine um assunto pode fazer isso.

É o caso, por exemplo, de um profissional de marketing que pode ajudar organizações menores que não possuem esse setor.

Independentemente de qual seja a profissional, a partir do momento em que o indivíduo atua como consultor, pode definir seus próprios horários.

Pet Sitter

Muita gente ama animais de estimação e podem trabalhar por conta própria cuidando deles. É um trabalho gratificante e até divertido, mas os horários podem variar.

Enquanto uma pessoa que trabalha por conta própria com conserto de smartphone pode fazer isso em qualquer horário, uma pessoa que cuida de animais deve estar disponível quando o tutor precisar.

Mesmo assim, é possível definir um horário para receber e liberar os animais, criando assim uma diária de cuidados.

Vendas pela internet

Criar uma loja virtual também é uma excelente opção para quem quer mais flexibilidade, e de quebra ainda ter o próprio negócio.

As vendas pela internet cresceram muito nos últimos anos e as pessoas perceberam todas as vantagens de comprar dessa forma.

Quem tem uma loja virtual não precisa se preocupar com horário de trabalho e pode fazer tudo em casa, desde que tenha responsabilidades com os pedidos feitos pelos clientes.

Como ser uma empresa flexível?

Muitas empresas estão interessadas em flexibilizar o modelo de trabalho porque não querem perder seus talentos e desejam atrair profissionais cada vez mais capacitados. É o caso, por exemplo, de uma escola de aula particular de volante para habilitados.

Além disso, elas conseguem economizar e obter muitas vantagens também. Assim sendo, algumas dicas para flexibilizar o trabalho são:

Escolher um modo para o negócio

Existem várias formas de flexibilizar a rotina de trabalho, mas elas só fazem sentido se tudo for feito da forma correta e compatível com a realidade da empresa.

A organização não pode oferecer a modalidade home office se não puder disponibilizar todos os recursos necessários, como notebooks para os funcionários.

Por outro lado, não se pode cobrar uma marcação de ponto rigorosa e não oferecer uma ferramenta que os permita fazer isso em casa.

Também não se deve oferecer privilégios que não são compatíveis com o perfil dos colaboradores, por isso é fundamental conhecê-los.

Conhecer os profissionais

Uma clínica de cuidador de idoso noturno não pode flexibilizar seus horários porque seus pacientes precisam de cuidados 24 horas por dia, mas essa não é a realidade de todas as empresas.

Pode ser que uma agência de marketing flexibilize o horário de trabalho porque percebeu que seus funcionários não conseguem cumprir a carga horária no tempo certo, mas isso pode trazer ainda mais problemas.

Para resolver essa questão, é fundamental conhecer os profissionais que atuam na empresa. É a partir disso que a corporação vai oferecer flexibilidade de acordo com as necessidades e perfis de seus funcionários.

Usar plataformas de gestão

Para o trabalho flexível, é necessário usar plataformas de gestão de atividades que sejam  intuitivas e práticas para todos. Para um fabricante de cabeamento rede residencial, só é possível acompanhar um projeto porque todos acessam o mesmo sistema.

Existem diversas ferramentas disponíveis, como o Google Docs, que são muito usadas no universo corporativo e que facilita muito a rotina flexível, principalmente no home office em diferentes horários.

Mudar a cultura organizacional.

Um dos primeiros passos para a flexibilização é a mudança da mentalidade do negócio, ou seja, de sua cultura organizacional.

Além dos funcionários, gestores e outros líderes também precisam se adaptar a diferentes necessidades que podem surgir ao longo do tempo. Só assim serão capazes de apoiar seus liderados.

Uma empresa de injeção eletrônica automotiva deve oferecer treinamentos para todos os membros da equipe, além de orientar seus gestores para que colaborem com a implantação de mudanças.

Eles precisam assumir o papel de fazer uma ponte entre a empresa e tudo aquilo que ela precisa para ter sucesso ao implementar o modelo de trabalho flexível.

Considerações finais

Flexibilizar o trabalho é uma necessidade nos dias de hoje e pode ser feito por empresas de vários setores. Isso aumenta a satisfação dos profissionais, melhora sua produtividade, aumenta os resultados e reduz os custos.

Mas, para adotar esse estilo de funcionamento, é necessário seguir alguns passos indispensáveis. Ao seguir todos os critérios, o negócio consegue implementar o modelo flexível facilmente e aproveitar todos os seus benefícios.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *