Pular para o conteúdo
Início » Dicas para se destacar em processos seletivos

Dicas para se destacar em processos seletivos

  • por
processos seletivos
Anúncios

Os processos seletivos são recursos usados pelas empresas para escolher o candidato ideal para uma vaga disponível. É assim que a organização identifica as características do profissional para saber se elas estão de acordo.

Entretanto, mesmo que alguém seja o candidato mais qualificado e experiente durante uma entrevista de emprego, pode não conseguir a vaga. Isso acontece porque existem vários fatores que determinam se o recrutador considera o profissional ideal.

Uma das características mais importantes para as organizações é a autoconfiança demonstrada pelo indivíduo nos processos seletivos.

Anúncios

Conseguir passar essa impressão é algo natural para algumas pessoas, enquanto outras precisam se esforçar um pouco mais para demonstrar confiança. Para estas, é possível utilizar técnicas e métodos que ajudam a se sair bem na entrevista.

O processo de recrutamento costuma ser bem elaborado pelas companhias, e fazem isso com o propósito de atrair o candidato ideal. Isso mostra que os profissionais estarão diante de competidores do mesmo nível.

Algumas pessoas se sentem muito ansiosas antes de passar por um processo seletivo, por isso, precisam conhecer alguns aspectos desse momento.

O artigo vai explicar como funciona um processo seletivo, como se destacar durante uma entrevista de emprego e como se comportar para transmitir confiança durante a entrevista.

Como funciona o processo seletivo

O processo seletivo funciona por um conjunto de técnicas que vão auxiliar na escolha do candidato adequado para a vaga. É assim que a organização identifica as habilidades do profissional, e entre as etapas estão:

  • Planejamento da vaga;
  • Atração de candidatos;
  • Seleção de profissionais ideais;
  • Verificação do processo;
  • Ações de ajuste e aprimoramento.

O planejamento da vaga é a definição de como ela será, os meios de atração que serão usados e como será feita a seleção. É nesse momento que um fabricante de carburador ap vai definir as necessidades da vaga.

Para alcançar profissionais competentes e atualizados, é necessário que a oportunidade seja atraente. O recrutador precisa saber qual é o perfil da vaga e o público que a organização está procurando.

A seleção dos profissionais ocorre por meio das candidaturas recebidas. Isso é feito por uma triagem que considere os pré-requisitos do cargo e separa as aplicações mais relevantes.

Depois da seleção, a companhia vai analisar o processo e é interessante usar indicadores e métricas. São ferramentas que vão ajudar a aprimorar a técnica então uma direção.

Por fim, depois de analisar todos os aspectos importantes, os pontos que ficaram abaixo da média precisam ser ajustados para reduzir os erros.

Dicas para se destacar em uma entrevista de emprego

Quem está procurando uma oportunidade de trabalho precisa se destacar em meio aos concorrentes, e existem algumas maneiras de fazer isso. São elas:

Não esconder os defeitos

Durante uma entrevista para um fornecedor de muda de mamey, o candidato precisa ser sincero porque contar mentiras ou aumentar alguma coisa é uma situação arriscada.

O recrutador é um profissional treinado para perceber tais deslizes, afinal, ele faz isso o dia inteiro e tem muita experiência no assunto.

Atentar-se ao vestuário

Na hora de escolher uma roupa para ir à entrevista, é fundamental escolher peças que combinem com a área de atuação.

Independentemente de ser um traje mais social ou mais despojado, é fundamental que a roupa seja bem cuidada e ao mesmo tempo confortável.

Em relação às cores, o ideal é que sejam neutras, além de optar por peças com formas simples.

Demonstrar interesse

Outra coisa que acontece muito nas entrevistas é quando o recrutador pergunta por que a pessoa quer trabalhar na organização. Embora pareça clichê, essa pergunta tem uma finalidade que é identificar profissionais com valores alinhados aos da organização.

Para responder da melhor forma, é indispensável pesquisar sobre a empresa antes do processo seletivo, de modo a entender seu setor de atuação, as características de gestão, dados financeiros, desafios, concorrentes, entre outros aspectos.

Um restaurante que serve bife ancho assado é uma organização, mas os clientes que frequentam o espaço enxergam uma marca. É importante entender isso porque muitos candidatos confundem a empresa com sua marca.

Quando isso acontece, a pessoa responde que deseja trabalhar na empresa porque compra seus produtos, entre outras respostas que não interessam ao recrutador.

Ele quer saber se o profissional considera o horário flexível, se corrobora a cultura da empresa, entre outras informações mais relevantes do ponto de vista corporativo.

Falar sobre a carreira

Dias antes da entrevista, é interessante pensar um pouco sobre momentos importantes da vida profissional, selecionando aqueles momentos que tiveram um papel muito importante para o desenvolvimento da carreira.

Ao fazer essa seleção, também é importante observar que elas se encaixam em várias competências, como trabalho em equipe, liderança, resiliência, comunicação, entre outras.

Saber fazer perguntas

O recrutador de uma empresa de aferição de instrumentos não vai apenas analisar o profissional pelas perguntas elaboradas para o processo seletivo, na verdade, ele também avalia as perguntas feitas pelo próprio candidato.

É muito importante evitar perguntas que poderiam ser facilmente respondidas pela internet. Existem questionamentos mais relevantes, como as estratégias para reter talentos da organização, plano de carreira, entre outros.

Observar a linguagem corporal

O recrutador está atento aos gestos desde o momento em que o candidato chega para a entrevista. É muito comum que isso aconteça enquanto o profissional está na recepção aguardando para ser chamado.

A maneira como ele chega ao local e conversa com a recepcionista costuma ser observado, por isso, é necessário ter uma boa postura do início ao fim.

Como transmitir confiança?

O processo seletivo também serve para analisar o nível de autoconfiança dos candidatos, e é fundamental demonstrar essa característica para conquistar a vaga.

Supondo que alguém vai passar por um recrutamento em um fabricante de motor de partida, é interessante praticar algumas respostas.

O profissional pode usar um espelho ou até mesmo um amigo ou familiar para praticar as perguntas mais comuns durante as entrevistas de emprego, como questões sobre a caminhada profissional.

É uma forma de se acostumar com aquilo que vai dizer e avaliar o próprio desempenho na hora de conversar.

Outra coisa interessante é ter o próprio currículo na ponta da língua, isso porque as entrevistas de emprego nada mais são do que conversas para que a empresa conheça o candidato e ele também possa conhecê-la.

Saber o que contém no próprio currículo ajuda a responder sobre a trajetória profissional e a formação com mais firmeza.

Candidatos preparados são pessoas que pesquisam muito sobre a empresa onde vão fazer o processo seletivo. Ter essas informações impressiona o recrutador e ainda ajuda o candidato a estabelecer conversas mais naturais.

O profissional que tem interesse em preencher uma vaga em um fabricante de balança para pesar caminhão pode fazer perguntas específicas e interagir melhor durante o recrutamento, se souber detalhes sobre a vaga.

Ter essas informações traz confiança e não deixa dúvidas ou incertezas que possam comprometer a performance durante o recrutamento.

Outra coisa muito importante é não se atrasar, caso contrário, o candidato pode sim se sentir muito inseguro pela falta de pontualidade logo na entrevista.

Além de chegar um pouco antes do horário marcado, as roupas precisam estar adequadas ao dress code da corporação. Se a pessoa está indo a uma entrevista de uma instituição financeira, preciso usar um traje apropriado.

Agora, o candidato que deseja preencher uma vaga em uma loja geek, pode vestir uma calça jeans, mas independentemente do estilo da empresa, as roupas precisam estar limpas e em bom estado de conservação.

Para vestir o avental gourmet personalizado do restaurante que abriu uma vaga ou o uniforme de uma multinacional, o candidato precisa falar corretamente, evitando gírias e coloquialismos.

Durante os processos seletivos, é fundamental estar atento à linguagem e ao vocabulário, pois a ausência de postura nesse sentido pode demonstrar despreparo e causar uma má impressão.

As entrevistas costumam ser conversas sérias, mesmo assim, permitem certa informalidade na fala, mas sem exageros.

Uma pessoa precisa saber quais são seus pontos fortes e fracos, mas na hora de falar sobre eles em um processo de seleção, é fundamental evitar exageros.

Uma auto elétrica mecânica prefere trabalhar com pessoas que sabem quais são suas próprias limitações e qualidades, mas na hora de falar sobre elas, é necessário moderação e consciência.

Considerações finais

O processo seletivo é um momento muito importante na vida de qualquer pessoa que queira construir uma carreira de sucesso e conquistar boas vagas de emprego.

Chegar preparado é fundamental para causar uma boa impressão e ter mais chances de conseguir uma oportunidade.

O candidato deve ter em mente que o propósito do recrutador é encontrar alguém que seja capaz de realizar o trabalho proposto, e com as dicas mostradas ao longo do conteúdo, qualquer pessoa pode ser o profissional ideal.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *