Pular para o conteúdo
Início » O impacto de viver em cidades com bons índices de educação

O impacto de viver em cidades com bons índices de educação

  • por
educação
Anúncios

A chave para uma sociedade bem desenvolvida é investir na educação 

A educação é um dos principais fatores para a construção de uma sociedade desenvolvida em questões econômicas, de segurança, saúde, entre outros pilares que sustentam o progresso de um país, consequentemente, proporcionando mais qualidade de vida para os cidadãos. Dessa forma, a atenção adequada desde os primeiros anos de formação escolar vai preparar indivíduos capazes de discernir os seus direitos e deveres éticos bem como morais. 

Segundo indicadores que medem a qualidade de educação do local, como Ideb, é possível ter acesso às taxas de aprovação, reprovação e abandono escolar em colégio públicos por meio dos resultados da prova Brasil. Assim, cidades que se comprometem com o nível de ensino impactam diretamente na vida dos habitantes, como no caso do município de São José dos Campos, em São Paulo, que está entre a lista de lugares que são exceções no cenário da educação brasileira. 

Anúncios

Por causa desses bons índices, a busca por moradias, por exemplo, casas para alugar em São José dos Campos vem aumentando consideravelmente. Mas, afinal, por que a educação pode transformar a estrutura social? Para saber mais acompanhe o texto a seguir.

Por que investir em educação?

Um país que investe na educação cria mais oportunidades, gera um equilíbrio na igualdade de direitos. A alfabetização é responsável por desenvolver os indivíduos, capacitando-os para participarem ativamente no processo de construção da sociedade, já que cada ser tem um papel importante dentro dela.

Além de desenvolver capacidades cognitivas e habilidades nos cidadãos, a educação em maior escala tem o poder de elevar a economia do Estado, assim como contribuir com a redução da pobreza. Isso ocorre porque cada ano de escolarização representa um crescimento na remuneração salarial, transformando não só a vida da pessoa como todo o contexto social do lugar.

De acordo com o Paulo Freire, o patrono do ensino brasileiro, “se a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda”. Assim, quanto mais pessoas bem instruídas tiver, maior será o desenvolvimento econômico, social e sustentável, uma vez que cresce a demanda de empregos, promove o empreendedorismo, traz benefícios à saúde, a segurança, ou seja, as disparidades são amenizadas, aumentando a perspectiva de futuro de cada um. 

Portanto, se empenhar para que ocorra um ensino-aprendizado de valor desde a educação infantil vai colaborar para que exista menos famílias desfavorecidas. Além do mais, para as mulheres ela representa mais independência e autonomia. O site da Unesco apresenta a seguinte declaração abaixo realizada na cidade de Incheon:

“No marco da aprendizagem ao longo da vida, a alfabetização faz parte do direito à educação, ela está no cerne da educação básica e é um alicerce indispensável da aprendizagem independente. Os benefícios da alfabetização, principalmente para mulheres, são bem documentados. Eles incluem maior participação no mercado de trabalho, retardamento do matrimônio, melhor saúde e melhor alimentação familiar e da criança; isso, por sua vez, ajuda a reduzir a pobreza e a expandir as oportunidades de vida. Habilidades básicas em matemática também são habilidades essenciais: manipular números, contas, medidas, proporções e quantidades é básico à vida e necessário em qualquer lugar”.

São José dos Campos: a cidade que investe em educação

São José dos Campos é um município do interior de São Paulo, que possui mais de 500 mil habitantes, tornando-se o quinto mais populoso do estado. Inicialmente, a atividade que dominava a região era a agrícola, mas foi em meados do século XX que as indústrias ganharam espaço. 

Atualmente, o município é a sede de importantes empresas, como: Panasonic, Johnson & Johnson, Ericsson, Philips, Ball Corporation, General Motors (GM), Petrobras, Monsanto, Embraer (sede), entre outras. Além de uma grande importância econômica, lidera o índice do Ideb, que avalia o nível do ensino público das cidades.

Para quem procura criar os filhos ou viver em lugares mais desenvolvidos, o ponto de partida é averiguar se aquela localidade se preocupa em manter um alto padrão de vida dos habitantes, investindo em educação, segurança e saúde, já que cidades com esse propósito estão dispostas a transformar a vida das pessoas, da comunidade, gerando mais economia para o lugar. Assim, residir nesses territórios oferece vantagens como: 

  • alta escolaridade; 
  • baixa criminalidade; 
  • sistema de saúde com bom resultado; 
  • segurança nos bairros; 
  • mais longevidade; 
  • mobilidade urbana.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *