Pular para o conteúdo
Início » Quanto ganha um avaliador de imóveis da Caixa em 2023?

Quanto ganha um avaliador de imóveis da Caixa em 2023?

  • por
avaliador de imóveis da Caixa
Anúncios

O avaliador de imóveis da Caixa é quem estima o valor dos imóveis e a chance de serem aceitos como garantias em operações de financiamento habitacional, ao analisar os documentos, requisitos legais e aspectos estruturais do imóvel.

Quer saber quanto ganha nesta área e como se tornar um? Basta continuar com a leitura deste conteúdo!

Qual o salário de um avaliador de imóveis da Caixa em 2023?

Os avaliadores de imóveis são cada vez mais cruciais, tendo em vista que esse mercado está sempre em expansão. Dada a demanda e espaço da atividade, faz sentido que surja interesse em oportunidades como o Credenciamento Caixa Econômica Federal.

Anúncios

Um profissional pode se inscrever neste processo e se tornar um avaliador de imóveis que presta serviços à Caixa Econômica Federal.

O salário médio nacional para um avaliador é cerca de R$2.643 por mês, que é 73% menor do que o salário médio mensal da Caixa Econômica Federal para essa mesma atuação, que é por volta de R$10.126.

Como se tornar avaliador de imóveis da caixa?

Estamos falando de uma grande chance de se tornar um profissional de sucesso, então você precisa estar preparado. Pois, uma grande empresa como a CEF busca as pessoas mais aptas para os serviços.

Confira logo abaixo o que é preciso para se tornar um avaliador de imóveis da Caixa!

1. Graduação superior 

Em primeiro lugar, é preciso destacar que, não só a Caixa, mas qualquer outro banco exige que os avaliadores sejam engenheiros ou arquitetos licenciados com seus conselhos profissionais (CREA ou CAU). É crucial ter graduação em engenharia civil ou arquitetura para avaliar habitações urbanas. 

Quando se trata de engenheiros de outras especialidades, eles também podem obter a credencial se tiverem autorização para avaliar imóveis urbanos por um CREA local ou regional. Isso pode ser feito com cursos de pós-graduação em avaliação de imóveis urbanos.

2. Capacitação em avaliação de imóveis 

Além da formação em engenharia ou arquitetura, a Caixa exige que os candidatos tenham feito um curso de avaliação de imóveis por inferência estatística. Este curso deve ter carga horária de, pelo menos, 20 horas semanais e material programático que atenda às normas técnicas da NBR 14.653/ABNT.

Vale notar que o curso de formação em questão pode ser supervisionado por qualquer pessoa jurídica licenciada. Não é necessário que uma pessoa jurídica seja uma universidade ou organização das profissões de engenharia, ou arquitetura.

Veja também:

https://zbvagas.com.br/emprego/cuidador-e-auxiliar-de-enfermagem/

https://zbvagas.com.br/emprego/auxiliar-de-producao-e-operador-de-empilhadeira/

https://zbvagas.com.br/emprego/operador-de-telemarketing-e-operador-de-caixa/

3. Comprovante de experiência em avaliação de imóveis por inferência estatística

A Caixa exige que os solicitantes do apresentem um ou mais laudos de avaliação de imóveis (acompanhados dos ARTs ou RRTs exigidos e adequados), cujo método de avaliação foi a comparação de dados de mercado e cuja homogeneização dos dados foi realizada por inferência estatística.

Isso é feito para demonstrar que o pessoal da empresa que está sendo credenciado tem experiência na avaliação de imóveis por meio de inferência estatística.

Como você pôde ver neste conteúdo, o avaliador de imóveis da Caixa é uma profissão bem remunerada e com boa demanda no mercado! Mas, caso esteja em busca desse serviço, a Nero Perícia conta com os melhores profissionais! 

E caso este conteúdo tenha sido útil para você, não deixe de compartilhar com os seus amigos que também têm interesse! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *